Thursday, August 26, 2010

PÓ VIRADO

Como suportar o presente

Se ele já é história.



Tento viver o agora,

Mas o agora é fuga.



Nas asas de uma avião

Vago pelas nuvens

Hora aqui, hora ali




Não tenho solo,

Não tenho teto,

Só tenho amor.



Caminho só.

Virei pó de mim.

1 comment:

Duda Lessa said...

Lindo!!!